sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Ballace apresenta...


Festivais de Dança podem inspirar os alunos além da sala de aula.

Os alunos estão descomprometidos ou os professores, admiradores de métodos tradicionais, não são capazes de captar a atenção deste jovem ativo, dinâmico, multiconectado e multifuncional?
Os alunos têm pressa, querem buscar atalhos, só se interessam pelo resultado. É natural!  Uma aula pode ser um martírio p ara alguns, um tédio para outros ou pode ser fantástica, deliciosa, ansiosamente esperada e super interessante para muitos. Claro, vai depender do conteúdo e, principalmente, da forma com que ele é apresentado.

Angelina Ballerina, absoluto sucesso de audiência infantil na TV, apresenta passinhos de gente grande e as crianças desejam realizá-los em suas aulinhas ou diante de seus parentes. O You Toube traz, ao toque de uma tecla do computador, números fantásticos de bailarinos fantásticos em palcos fantásticos. Apresenta, desvenda fronteiras e alarga mentes. Essa é a realidade.

Não é fácil prender a atenção dos alunos, aliás nunca foi! O lúdico, a brincadeira, o experimentar e o criar, são fundamentais para manter os alunos motivados desenvolvendo-se paralelamente à técnica, especialmente os alunos de pouca idade.
Para os professores, a coragem, a segurança e a exposição de permitir, estimular e mostrar ao aluno a aplicação prática do seu conhecimento, colocando esse aluno em contato com a realidade do trabalho é um dos melhores benefícios dos festivais de dança. A dança foi feita para subir aos palcos e não ficar escondida entre quatro paredes, mesmo que sejam de uma sala de aula. Professores inseguros do seu trabalho permanecem na zona de conforto e preferem não expor seus alunos. Este é o argumento mais usado por eles!
Dança é arte pública, é a oportunidade de expressar-se através de movimentos, não pode ser fechada e restrita a poucos. A recompensa dos bailarinos é o aplauso. Quanto mais se expõem, mais crescem, mais amadurecem, mais se motivam, mais se emocionam!
Segurar alunos em salas de aula, iludindo a si mesmo e a pais e alunos com falsos elogios que garantam a continuidade deles no curso pagando regularmente as mensalidades, é um modelo obsoleto e vencido. Como dizia a música, “a gente não quer somente pão e água!” Os jovens mostram novos caminhos pelo que aprendem. A sua racionalidade técnica junto com a emoção evoluirão no palco, se frequentemente forem expostos em festivais e concursos.

Diante dos desafios todos crescem!

 Coreografia 'SQUAMATA' 
Coreógrafo: Tiago Ramos 
(aprovada para o YAGP/2012 em NY City)

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Bem Vindo, 2012!

2012 chegou!

Vamos dançar...

"Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é "muito" para ser insignificante."

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...